UNIDADE DE NEGÓCIOS

Viasoft Connect Connect Week

Paixão pela memória do povo curitibano

30 de agosto de 2010


Mercado das Pulgas completa 22 anos de atividade com um acervo

composto por mais de 100 mil peças

 O Mercado das Pulgas comemora 22 anos de atividade e a consolidação como o maior empório cultural de Curitiba. Comandado pela família Silva (composta pelos antiquários José, Jefferson e Josiane Silva), a loja conta com matriz e duas filiais (uma delas inaugurada em 2007), um impressionante acervo composto por mais de 100 mil peças e um cadastro de mais de 50 mil clientes, distribuídos pelos quatro cantos do mundo.

Visitar o Mercado das Pulgas é uma experiência única. Espalhados por 10 mil m² (somando a matriz e a dupla de filiais) encontram-se móveis para escritório, mesas, cadeiras, camas, equipamento industrial, artigos esportivos, discos, livros, geladeiras, telas, antiguidades, peças finas, tapeçaria, prataria e curiosidades.

Além dos produtos adquiridos pela loja para posterior venda, existem aqueles consignados, uma opção às pessoas que querem vender e não possuem um espaço adequado para acomodar a mercadoria.

O grande diferencial do lugar é a possibilidade da negociação, da pechincha até chegar ao valor aprazível a ambas as partes. Além disso, diversas propostas inusitadas criadas pelo criativo departamento de marketing do Mercado das Pulgas, dirigido por Jefferson Antônio Silva, tornaram a loja uma referência quando o assunto é a busca por peças difíceis de serem encontradas. “Aqui na loja temos de tudo um pouco. Todos os clientes que procuram em outros lugares sempre terminam aqui, e satisfeitos”, explica Silva.

Locação

A loja é famosa em Curitiba pela proposta inédita de locar peças para a composição de cenários e sets de filmagem, o que representa uma vantagem ao mercado publicitário, cinematográfico, de promoção de eventos e feiras. Assim, todos os produtos de propriedade da loja podem ser locados por apenas 10% do preço total do produto, por um período de cinco dias. “Esta é uma boa solução para quem precisa montar um set de filmagem, cenários ou stands e não quer comprar o móvel ou acessório”, explica Silva. “Basta locar o produto, utilizá-lo e devolver ao Mercado das Pulgas, reduzindo custos com pré-produção e uma eventual acomodação dos artigos adquiridos”.

Mercado e a cultura

Outra frente de trabalho do Mercado das Pulgas consiste no patrocínio e apoio de peças e filmes produzidos por profissionais paranaenses, bem como na divulgação de artistas do Estado. Entre os exemplos, a locação de artigos para a equipe dos filmes Mistéryos (com os atores Carlos Vereza, Lala Schneider, Sthefany Brito e Leonardo Miggiorin) e Cafundó (com Paulo Betti, Luis Melo e Lázaro Ramos no elenco), da peça Sophia (assinada pela Companhia de Teatro Dell´Arte), do filme “Conivência” (com a participação dos atores globais Roberto Bomtempo e Françoise Fourton), do ballet La Fille Mal Gardée (uma montagem da Academia de Ballet Quebra Nozes), do curta Insano – Para toda ação existe uma reação (dirigido pelo trio Alexandre Weber, Fernanda Abreu e Rafael Schellenberg), do filme “Fotos de Família” (dirigido pelos videomakers curitibanos Eduardo Baggio e Carlos Rocha) e de peças como Pânico no mercado, Uma Família Monstruosa e Não é Mais um Dramalhão Mexicano.

Perfil do mercado

Curitiba passou por um crescimento no ramo de venda de móveis usados, nicho de mercado impulsionado na cidade com a abertura do Mercado das Pulgas, há 20 anos. Antes adquiridas somente pelas classes C, D e E, as mercadorias expostas nestas lojas atraem atualmente uma parcela da população que vê nesses produtos a chance de conceder um toque retrô chique aos ambientes pagando pouco por isso.

“Antes os móveis usados só eram comprados pela população de baixa renda, mas hoje em dia todos sabem que é possível complementar a decoração da casa ou do escritório com um acessório usado, dando charme e elegância ao espaço”, explica Silva.

Outro fator de peso no crescimento do mercado de usados é a profissionalização de empresários e vendedores, sempre buscando o melhor atendimento ao cliente. Silva acredita que o Mercado das Pulgas tenha modificado a imagem do setor e alçado a categoria a um nível elevado de prestação de serviço. “Realizamos um processo de melhoria contínua de nossa equipe de trabalho, aperfeiçoando e profissionalizando os serviços oferecidos pela loja”, diz.

Diferenciais

Entre os diferenciais citados pelo gerente de marketing da loja estão a avaliação in loco das mercadorias, o auxílio prestado ao cliente pela equipe do Mercado das Pulgas, ajudando a diferenciar os produtos e o material empregado para fazer determinado acessório. “Nós temos know how para definir um produto velho de um antigo. Com essa experiência valorizamos os móveis que o cliente tem em casa, aqueles que ele deseja adquirir e respeitamos com isso a história de cada produto”, frisando que a comercialização de móveis usados tornou-se um negócio rentável e a valorização destes produtos modificou a imagem da população com relação ao setor. Informações: (41) 3342-5673.

Contato