UNIDADE DE NEGÓCIOS

Viasoft Connect Connect Week

Matéria da TIF na revista Grifo

23 de fevereiro de 2011


Uma agência fora dos padrões

 

Tinha tudo para dar errado, mas deu muito certo. Os dois sócios foram apresentados por amigos em comum, pouco tempo e alguns trabalhos juntos depois, nascia a TIF. Surpresa, inovação, ousadia? Atributos que até hoje a TIF carrega nas veias, totalmente incorporados ao dia a dia e ao processo operacional da agência. 

Esta história aconteceu em 2004 e desde então a TIF assumiu um posicionamento de vanguarda no mercado de comunicação, com idéias surpreendentes e criativas, que surgem das mentes inquietas dos seus fundadores: Fhabyo Matesick e Thiago Biazetto. Com experiências anteriores em outras agências, os profissionais estabeleceram como meta criar uma empresa distinta, fora dos moldes tradicionais, “montar uma proposta diferente de agência, o que a gente não viu em outros lugares que trabalhamos”, complementa Fhabyo. Sem se prender a formatos engessados e sendo gerenciada pelos criativos, é com esta receita inusitada que a TIF conta a sua história de uma forma peculiar, mostrando que não há regras, modelos ou padrões para se obter sucesso.

 

Com jogo de cintura

A estrutura da TIF hoje foi erguida às custas de muito trabalho. A agência surgiu sem solidez financeira e empresarial, os sócios chegaram a trabalhar 12 finais de semana seguidos. “Abrimos a agência com três contas: água, luz e telefone”, brinca Fhabyo. O contexto mudou, mas o entusiasmo pela profissão e o dia a dia permanecem intactos. Seis anos depois de inaugurada a sua pedra fundamental, a TIF soma prêmios, como o de Agência do Ano – em 2009 pelo 33° Prêmio Colunistas do Paraná -, conta com uma equipe composta por cerca de 30 pessoas, possui 14 clientes, dentre eles a Cia Caetano Branco, IRA Motoparts, Gazeta do Povo, Jornal de Londrina e Sistema FIEP / SESI / SENAI e mudou, recentemente, para uma confortável casa de 400m² no bairro Ahú.

Logo no início da empreitada, os profissionais descobriram que tão importante quanto ter um material genial é cumprir prazos. “O elogio não era para a criatividade do anúncio, mas para a entrega no dia combinado”, afirma Thiago. Este é um ponto nevrálgico no mercado publicitário, atender aos prazos ou a falta de tempo para desenvolver os jobs. Por isso, a TIF propõe ao cliente o conhecimento de todo o processo para se ter um olhar holístico desde a entrada da demanda até a solução gerada. A partir desta integração o que nasce é um relacionamento sólido entre a equipe e o cliente.

Ganhar a rua

Uma frustração da dupla, quando eram funcionários, atualmente os motiva a fundamentar e planejar as campanhas dos clientes com ainda mais vigor. Para eles, o trabalho deve estar nas ruas, aos olhos dos consumidores, “muitas vezes me frustrava de criar algo sensacional que nunca ia para frente”, diz Fhabyo. Agora, tudo o que é criado na TIF vai para fora e é exposto, porque é resultado de um completo processo de concepção e apresentação. “O cliente quer a nossa cabeça e não o nosso braço, alguém que pense. Se for para ser operacional, fazer o que cliente quer, o custo é muito alto. Uma boa agência dá trabalho e exige que o cliente se organize”, complementa.

Apesar da estabilidade da agência, Fhabyo e Thiago não se acomodam, gostam de colocar a mão na massa e atuar como dupla de criação. “Sem isso, perde a graça”, afirma Thiago. Mesmo podendo desfrutar de uma posição mais confortável na administração da empresa, eles fazem questão de compartilhar de todos os processos internos, com as alegrias e os sofrimentos que a profissão proporciona. “O trabalho criativo é angustiante, pode ser divertido, mas gera uma pressão enorme. Por isso é preciso se apaixonar pelo que faz e não apenas ficar com ele. Assim nos abastecemos de referências, nos envolvemos e fica mais gostoso”, declara Fhabyo.

Um frescor no mercado

A premiação de 2009 gerou questionamentos na agência com relação ao seu posicionamento e funcionamento. As interrogações trouxeram à tona um novo conceito, brand refresh, o significado do que a TIF quer passar ao público: ser leve, descontraída, jovem, arrojada e uma eterna novidade. Suas criações refletem esta filosofia e traduzem uma assinatura cada vez mais reconhecida e registrada pelo mercado. Mais informações: www.tif.com.br.

Esta matéria será veiculada na revista Grifo, da Gráfica Comunicare

Contato