UNIDADE DE NEGÓCIOS

Viasoft Connect Connect Week

Famiglia Zanlorenzi prevê uma das melhores safras de uva dos últimos dez anos

16 de fevereiro de 2011


A qualidade das uvas da safra 2011 está deixando otimistas os envolvidos com o setor vitivinícola do Paraná. Um deles é o diretor presidente da Famiglia Zanlorenzi Grupo Vinícola, Giorgeo Zanlorenzi, que realizou no final de janeiro a colheita e processamento de uvas das espécies Bordeaux, Isabel e Concord utilizadas para a produção de suco de uva natural da empresa. “A qualidade realmente chama a atenção, pois tratam-se de frutas sadias, sem doenças e com amadurecimento uniforme”, explica Zanlorenzi. “Esse resultado dá perspectivas de uma safra de excepcional qualidade na região metropolitana de Curitiba e também na Serra Gaúcha, possibilitando uma das melhores colheitas dos últimos dez anos. Podemos dizer que esta é a safra dos sonhos em quantidade e qualidade” diz.

Zanlorenzi credita este resultado também ao clima, que permitiu a formação de cachos perfeitos e com o açúcar em condições ideais para utilização. “Já colhemos cerca de 15 toneladas de uvas da região, inseridas no projeto ‘Uva Nossa’. Com isso, fomentamos o mercado local, atraindo investimentos ao Estado, melhorando a renda das famílias que vivem da agricultura e estimulando a economia de municípios rurais”, comenta.

O enólogo da Famiglia Zanlorenzi Grupo Vinícola, Philipe Lima, ressalta que a safra apresenta um percentual de açúcares residuais acima do esperado, fator que possibilita que o produto seja mais estruturado e comprova a qualidade da matéria-prima. “O suco e o vinho ganham mais corpo, o aroma cresce visualmente e a cor fica mais ressaltada. O resultado é um produto com aparência jovem e é isso que chama atenção do consumidor”, observa Lima.

A Famiglia Zanlorenzi Grupo Vinícola efetuou até agora o plantio em uma área de 50 hectares na região metropolitana de Curitiba, nos municípios de Campo Largo, Palmeira, Balsa Nova, Lapa, Imbituva e Antonio Olinto. A empresa fornece as mudas e o acompanhamento técnico aos produtores cadastrados e selecionados, que entram com a mão de obra. “Até a década de 70 a empresa produzia seus vinhos com uvas da região. A intenção com a realização deste projeto é gradativamente fazer com que o Paraná volte a ser um pólo vitivinícola nacional”, resume Zanlorenzi.

Contato