UNIDADE DE NEGÓCIOS

Viasoft Connect Connect Week

Setor de segurança debate Copa do Mundo 2014 em Curitiba

23 de março de 2011


O Grupo Lynx de Vigilância Patrimonial participa da reunião da diretoria da FENAVIST-Federação Nacional de Empresas de Segurança e Transporte de Valores, promovida nesta quinta e sexta-feira (24 e 25/03) pelo Sindicato das Empresas de Segurança Privada do Estado do Paraná-SINDESP-PR no Hotel Capivari Eco Resort.

Na quinta-feira (24), das 16h45 às 18h15, acontece um bate papo com o deputado federal Osmar Serraglio e na sexta-feira (25) estão agendadas conversas com o deputado federal Fernando Francischini (das 9h30 às 11h) e com o delegado da Polícia Federal Adelar Anderle (das 16h15 às 18h) sobre a Copa do Mundo e o perfil dos profissionais de segurança contratados para trabalhar durante o evento.

Foco na prestação de serviços durante evento

Pensando neste evento internacional, o setor de segurança privada começa a dar passos certeiros para contar com um efetivo apto a garantir o bem estar e a tranqüilidade dos seus clientes, sejam eles empresários, autoridades, atletas ou delegações. Um exemplo acontece no Paraná, onde o Centro de Educação de Vigilância Lyder (coordenado pelo Grupo Lynx de Vigilância Patrimonial) aposta no curso SPP-Segurança Pessoal Privada com a proposta de tornar o profissional apto a executar com qualidade serviços de segurança VIP prestado a clientes diferenciados. Importado das Forças Armadas, o serviço era usualmente oferecido a militares de alto escalão, mas hoje em dia é bastante procurado por parlamentares, grandes empresários e industriais, pessoas com alto poder aquisitivo ou que estejam enfrentando situações de risco.

A Lyder quer se tornar referência no assunto e prestar o serviço a delegações e autoridades que prestigiem a Copa no Brasil, uma vez que a atuação da segurança pública estará restrita a espaços abertos. “O trabalho do segurança VIP, ou guarda-costas, envolve conhecimento, habilidade, tranqüilidade e perícia técnica”, explica Marcus A. Guidio, diretor executivo do Grupo Lynx. “Profissionais que buscam um diferencial e mais conhecimento, têm acesso a informações sobre armamento e tiro, defesa pessoal, técnicas de direção defensiva, ofensiva e evasiva, formas de entrar e sair de um confronto, previsão e combate a incêndios e a segurança pessoal privada em si”.

Uma nova visão do profissional da segurança

Se até pouco tempo atrás o profissional de segurança era visto como “leão de chácara”, hoje os contratantes têm consciência das implicações e do custo de colocar sua vida nas mãos de um profissional despreparado. O trabalho do segurança VIP consiste em agir pensando em estratégias de fuga, com acesso antecipado à agenda do cliente, o estudo de itinerários e rotas de fuga, entre outros. Como complemento ao curso, a Lyder firmou um convênio com o SESC/SENAC para favorecer o acesso dos alunos a aulas de idiomas ministradas pelo Sistema, como inglês, francês e espanhol. “O bom desempenho e vasto conhecimento, aliados à fluência em outra língua, representam mais um diferencial no currículo do segurança”, comenta Guidio.

Contato