UNIDADE DE NEGÓCIOS

Viasoft Connect Connect Week

Mercado de móveis usados aponta significativo crescimento de vendas no período pós-crise

18 de fevereiro de 2010


Depois de passada a pior fase da crise econômica, o segmento de móveis usados de Curitiba começa a perceber um significativo aumento nas vendas e da procura por parte dos clientes. Houve uma modificação na percepção do tipo de serviço oferecido, uma vez que os itens usados não são mais vistos com desdém, e sim como opção custo-benefício.

Para Jefferson Antonio Silva, gerente de marketing do Mercado das Pulgas, tradicional empório de antiguidades e móveis usados com atuação há 22 anos na capital, o consumidor percebeu que pode encontrar na loja produtos de marcas reconhecidas por qualidade e design, com valor até 50% inferior que o praticado no mercado. “A visão de muitos consumidores passou por uma profunda modificação. Agora a maioria está em busca de ofertas e percebe que lojas de usados se atualizaram, comercializando produtos diversificados e bem conservados, que apenas trocam de mãos”, explica.

Antes adquiridas principalmente pelas classes C, D e E, as mercadorias expostas nas lojas de usados atraem atualmente uma parcela da população que vê nesses produtos a chance de conceder um toque retrô chique aos ambientes pagando menos por isso. “Verificamos um incremento de 20% nas vendas comparado ao mesmo período de 2009”, diz Silva. “Isso prova que o mercado está se aquecendo novamente e que os móveis usados passaram de última para uma das primeiras opções de compra”.

História

O Mercado das Pulgas é considerado o maior empório cultural de Curitiba. Comandado pelo antiquário José Silva, a loja conta com matriz e duas filiais, um impressionante acervo composto por mais de 80 mil peças e um cadastro de mais de 50 mil clientes, distribuídos pelos quatro cantos do mundo.

Visitar o Mercado das Pulgas é uma experiência única. Espalhados por mais de 9 mil m² (somando a matriz e a dupla de filiais) encontram-se móveis para escritório, mesas, cadeiras, camas, equipamento industrial, artigos esportivos, discos, livros, copos, geladeiras, máquinas de lavar roupa, telas, antiguidades, peças finas, tapeçaria, prataria e curiosidades.

Além dos produtos adquiridos pela loja para posterior venda, existem aqueles consignados, uma opção às pessoas que querem vender e não possuem um espaço adequado para acomodar a mercadoria.

O grande diferencial do lugar é a possibilidade da negociação, da pechincha até chegar ao valor aprazível a ambas as partes. Além disso, diversas propostas inusitadas, entre elas a locação de móveis para o segmento publicitário e de eventos, tornaram a loja uma referência quando o assunto é a busca por peças difíceis de serem encontradas. “Aqui na loja temos de tudo um pouco. Todos os clientes que procuram em outros lugares sempre terminam aqui, e satisfeitos”, finaliza Silva.

Contato